A fuga do respingo

>> sexta-feira, setembro 23, 2005


Certas alturas sabe bem chegar a casa, pegar num livro ou revista e sentarmo-nos na casa de banho a ler e aliviar um bocadito a tripa.

Até aqui tudo bem.

Depois de um tempo de ..... reflexão, fazemos o que lá estamos para fazer, um pouco de força e aí está o alivio e eis quando senão somos atacados pelo respingo, a famosa gota que vem la do fundo do laguinho. Em certas alturas essa gota não passa de água, mas pode-se dar o caso da água ser azul ou verde conforme a cor do WcPato.

Que fazer para evitar este frio acordar e desconforto?

Temos várias hipoteses já estudadas, umas mais eficazes outras mais dispendiosas mas não menos interessantes.

Vejamos então as hipoteses:

1- Drop and Go - Esta técnica exige concentração e muita prática, quando se usa esta técnica o que se faz é manter o nosso traseiro alguns milimetros acima do trono e na altura em que se dá a libertação do "material" avançar para impedir que a gota resultante da queda não nos atinja.
Esta técnica tem alguns problemas que passo a enumerar: Retira a sensação de relax uma vez que temos de estar preparados para a fuga, Exige concentração e timing quase perfeitos, uma fuga atrasada implica que levamos com a gota e uma fuga cedo demais implica que temos de limpar o chão e a borda da sanita, uma prespectiva nada interessante. Não funciona em largadas de longa duração!!!

2- A Almofada - Nesta técnica uma camada de papel higiénico é colocada no fundo tapando o laguinho, quando é feita a largada, a camada de papel recebe o impacto e não se verifica o temido fresquinho nas partes baixas! Esta é a técnica mais interessante de usar devido á sua eficácia e praticabilidade. Como contras temos os seguintes aspectos, em estadias prolongadas o papel pode-se afundar e na hora da largada somos surpreendidos, no caso de largadas com longos tempos de espera entre cada uma pode-se dar o caso da almofada se afundar devido ao impacto anterior e na segunda largada sermos surprendidos.

3- Banho de Rosas - Esta é sem duvida a técnica mais dispendiosa e complicada, nesta técnica precisamos de um deposito de autoclismo cheio de água de rosas e uma sanita com aquecimento, neste caso não nos preocupamos com o respingo porque além de ser de água de rosas vem quentinho! Como contras... bem ... já alguem viu uma sanita com aquecimento para a água? sabem o preço da água de rosas? pois, aí está!

Espero que estas técnicas possam ajudar a evitar os arrepios de casa de banho.

Espero receber alguns comentários com outras técnicas que tenham descoberto!

3 comentários:

weee 23 setembro, 2005 19:02  

(Que raio de tópico...) Eu já tentei pôr-me mais pró lado mas também não resultou!

Boboleta 23 setembro, 2005 22:12  

Pois. Por mais para a frente as vezes resulta. Mas só as vezes. As imagens tao muitp fixes.

Laudinha 28 setembro, 2005 12:22  

eu gosto mais da técnica do papel higienico colocado estratégicamente!

Numeros que mudam

About This Blog

Lorem Ipsum

  © Blogger template Romantico by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP